O que fazer quando a empresa não quer mandar embora?

|

O que fazer quando a empresa não quer mandar embora?

O que fazer quando a empresa não quer mandar embora

Não sabe o que fazer quando a empresa não quer te mandar embora? É comum que algumas situações o funcionário quer sair do serviço atual, mas a empresa por algum motivo não quer demiti-lo.

Diante disso, é importante ressaltar que se a empresa respeita os seus direitos e não tem nada de errado, provavelmente você quem vai pedir demissão.

Isso porque ela não é obrigada a demitir ninguém ou fazer um acordo.  Por isso, se você estiver dentro de algumas das seguintes situações, terá que pedir demissão para sair do trabalho:

  • Precisa cuidar de um parente doente,
  • Arrumou um novo emprego,
  • Vai ser mudar para outra cidade,
  • Quer abrir o próprio negócio.

Entretanto, se você está querendo sair do emprego atual por algo de errado que está acontecendo na empresa, conheça aqui algumas soluções.

O que fazer quando a empresa não quer mandar embora o seu funcionário?

Quando a empresa não quer fazer um acordo, não quer demitir o funcionário e também não quer que ele se demita, o funcionário acaba ficando preso a ela e sem saber o que fazer.

Isso acontece com muita frequência e, infelizmente, a lei nessa situação não é favorável ao trabalhador, pois a empresa não tem obrigação de fazer um acordo para você sair do emprego.

Diante disso, o que você pode fazer é colocar em prática alguma das seguintes opções:

fale com um advogado
  • Pedir demissão;
  • Fazer um acordo;
  • Abandonar,
  • Pedir a rescisão indireta.

Dependendo da situação, a melhor opção para você é pedir demissão, ou então solicitar a rescisão indireta.

Observe como funciona cada uma dessas opções abaixo.

1ª opção: Sair do emprego pedindo as contas

Como a lei não obriga a empresa a fazer um acordo para demitir o funcionário, a melhor opção é pedir demissão do emprego, pois a empresa não pode negar esse pedido.

Mas, antes de pedir a demissão é importante ter certeza da sua decisão, pois ao pedir o desligamento da empresa você não vai poder:

  • Sacar o FGTS, nem receber a multa de 40%,
  • Receber o seguro-desemprego,
  • Sair mais cedo durante o aviso prévio.

2ª opção: Fazer um acordo

A Reforma Trabalhista trouxe uma novidade, que foi a possibilidade fazer um acordo com a empresa para sair do emprego.

Porém, ninguém é obrigado a aceitar o acordo proposto.  Mas, essa opção pode ser vantajosa para você sair do emprego, uma vez que o artigo 484-A da CLT assegura que o funcionário vai receber:

  • Metade do aviso prévio,
  • 80% do FGTS e 20% de multa,
  • As outras verbas normalmente.

Entretanto, é importante ressaltar que você não vai poder receber o seguro-desemprego.

3ª opção: abandonar o emprego

Abandonar o emprego não é a melhor opção, inclusive ela não é recomendada.

Se você está pensando em abandonar o emprego, é melhor pedir logo a demissão, assim você não prejudica os seus colegas de trabalho e ainda recebe os seus direitos.

Se você abandonar o emprego, a empresa pode demiti-lo por justa causa, ai você perde quase todos os seus direitos.

4º opção: rescisão indireta

Essa opção é semelhante à justa causa, mas na verdade é você que vai demitir a sua empresa. Essa opção só funciona quando algo de errado está acontecendo na empresa em que você trabalha como, por exemplo:

  • A sua carteira de trabalho não foi registrada;
  • O seu FGTS não está sendo depositado;
  • As horas extras não estão sendo pagas;
  • O local de trabalho não é seguro,
  • E em outras situações.

Cuidado não cometer justa causa ao forçar a sua demissão

Muitos funcionários quando querem ser demitidos, mas a empresa se nega a demiti-lo, fazem de tudo para forçar a demissão.

Alguns funcionários faltam ao trabalho, não fazem o trabalho correto e tentam outras situações para forçar a demissão.

Fazer isso é a mesma coisa de abandonar o seu emprego e, por isso você estará correndo o risco de ser demitido por justa casa e perdendo os seus direitos.

Conclusão

Infelizmente a lei não fornece muitas opções aos trabalhadores e, por isso é importante saber o que fazer quando a empresa não quer mandar embora.

Ao conhecer as alternativas você saberá como lidar no momento de situações semelhantes, e sair do emprego atual ficará mais fácil pois escolherá a melhor opção.

fale com um advogado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress